Como solicitar o auxílio-combustível em 2023

Anúncio

Auxílio-combustível – Com a alta nos preços dos combustíveis no Brasil, muitos trabalhadores estão buscando alternativas para economizar.

Uma dessas alternativas é o auxílio-combustível, benefício concedido por algumas empresas para ajudar a cobrir os gastos com transporte dos funcionários.

Neste artigo, vamos explicar como solicitar o auxílio-combustível em 2023, e economizar uns trocados no combustível de seu carro ou moto.

Anúncio

O que é o auxílio-combustível?

O auxílio-combustível é um benefício concedido pelas empresas aos seus funcionários para ajudar a cobrir os gastos com transporte. Ele pode ser oferecido de duas formas: como um valor fixo mensal ou como um valor proporcional ao número de dias trabalhados no mês.

Para ter direito ao benefício, é necessário que a empresa tenha uma política de concessão de auxílio-combustível e que o funcionário se enquadre nos critérios estabelecidos pela empresa.

Anúncio

Quem tem direito ao auxílio-combustível?

Não há uma lei que obrigue as empresas a concederem o auxílio-combustível, por isso, cabe a cada empresa decidir se oferecerá ou não o benefício.

Em geral, as empresas que oferecem o benefício são aquelas que possuem funcionários que precisam se deslocar diariamente para o trabalho, como os que trabalham em áreas distantes do centro da cidade ou em locais de difícil acesso.

Como solicitar o auxílio-combustível em 2023?

Caso a sua empresa ofereça o auxílio-combustível, o primeiro passo para solicitar o benefício é verificar as políticas internas da empresa. Normalmente, as empresas estabelecem critérios para conceder o benefício, como:

  • Distância entre a residência do funcionário e o local de trabalho;
  • Número de dias trabalhados no mês;
  • Valor máximo do benefício.

Após verificar as políticas internas da empresa, o funcionário deve preencher um formulário de solicitação de auxílio-combustível e entregá-lo ao departamento de Recursos Humanos da empresa. É importante fornecer as informações solicitadas de forma clara e completa para evitar atrasos no processamento da solicitação.

Após receber a solicitação, a empresa irá avaliar se o funcionário atende aos critérios estabelecidos para conceder o benefício. Caso o benefício seja concedido, o valor será adicionado ao salário do funcionário ou será pago em forma de vale-combustível, dependendo das políticas da empresa.

É importante lembrar que o auxílio-combustível é um benefício concedido pela empresa e não um direito garantido por lei. Por isso, é importante que o funcionário verifique se a sua empresa oferece o benefício e quais são as políticas internas para solicitação e concessão do auxílio-combustível.

O que fazer quando for aprovado o auxílio-combustível

Parabéns! Se você teve o auxílio-combustível aprovado, é importante seguir algumas orientações para garantir que você receba o benefício da melhor maneira possível.

Em primeiro lugar, é importante verificar as políticas internas da empresa para entender como o benefício será concedido. Algumas empresas depositam o valor do benefício diretamente na conta do funcionário, enquanto outras oferecem vale-combustível ou cartões específicos para abastecimento.

Se o benefício for pago em dinheiro, é importante guardar os comprovantes de abastecimento e fazer uma planilha para controlar os gastos. Dessa forma, você terá um registro de quanto gastou em combustível e poderá evitar ultrapassar o limite estabelecido pela empresa.

Se o benefício for concedido em forma de vale-combustível, é importante verificar a validade do vale e as condições para utilizá-lo. Algumas empresas estabelecem um prazo de validade para os vales e outras determinam que eles só podem ser utilizados em postos de combustível específicos.

Além disso, é importante manter os dados atualizados na empresa, como endereço e telefone, para que a comunicação sobre o benefício seja eficiente.

Por fim, é importante lembrar que o auxílio-combustível é um benefício concedido pela empresa e não um direito garantido por lei. Por isso, é importante seguir as políticas internas da empresa para garantir que o benefícios sejam pagos.